Como instalar um aquecedor solar de água?

Principais tipos e dicas de instalação para aquecedores solares

Fatores que interferem na instalação de um sistema solar de água:

A correta instalação de um sistema de aquecimento solar de água depende de inúmeros fatores: da região e clima aonde será instalado o sistema, das características do imóvel onde será feita a instalação, quantidade de placas coletoras e tamanho do boiler, inclinação do telhado, orientação das placas em relação ao sol, só para citar alguns aspectos.

Posicionamento dos principais elementos de um aquecedor solar

O posicionamento de alguns elementos principais é o que, na maioria das vezes, vai definir o tipo de instalação solar mais indicada. Estes elementos são: o armazenador, as próprias placas coletoras e a caixa de água fria. Acompanhe esquemas abaixo com as opções de instalação de um aquecedor solar de água residencial.

Circulação natural ou termossifão

A instalação tipo termossifão, também conhecida como circulação natural ou sem motobomba, é muito comum em residências. É o tipo de instalação mais desejável para casas, por um baixo custo de equipamentos, extrema confiabilidade e pouquíssima manutenção.

O principal neste tipo de instalação é poder contar com um instalador experiente para instalar seu aquecedor solar obedecendo a parâmetros fundamentais de altura e distância entre os componentes: placas, armazenador e caixa de água fria.

Instalação de aquecedor solar SEM BOMBA

O princípio de funcionamento da circulação natural ou termossifão é bastante simples. A circulação natural da água entre o boiler e as placas coletoras ocorre pela variação da densidade da água em função da temperatura. A água quente é menos densa que a água fria, então a água quente sobe e água fria desce.

Neste tipo de instalação, as placas solares captam a energia solar, convertendo-a para o aquecimento da água que circula em seu interior e essa água aquecida, menos densa, “mais leve”, sobe naturalmente para o boiler onde é armazenada e conservada na temperatura até o consumo.

Solicite o atendimento do revendedor solar TUMA mais próximo.

Circulação Forçada ou Bombeada

Em boa parte das instalações de maior porte e em algumas situações residenciais, a instalação por circulação natural, termossifão ou “sem motobomba” não é viável. Nem sempre é possível respeitarmos os corretos desníveis e distâncias necessárias entre os componentes do sistema: placas, armazenador e caixa de água fria para permitir aquele tipo de instalação.

Nestes casos, a solução indicada para a instalação do seu sistema de aquecimento solar é um sistema bombeado. Sendo assim, o conjunto de placas poderá ficar até mesmo acima da caixa de água fria. Neste tipo de instalação solar mais técnica, garanta sua tranquilidade exigindo o atendimento por profissionais qualificados.

Instalação de Aquecedor Solar COM BOMBA

Em um aquecedor solar instalado com circulação forçada um controlador de temperatura promove a circulação da água acionando uma pequena motobomba, de baixíssima potência, sempre que necessário.

Sendo assim, um kit de aquecimento solar de água para instalação forçada, além das placas e armazenador, agrega uma mini motobomba e um CDT (controlador diferencial de temperatura).

O CDT funciona comparando a temperatura (normalmente mais alta) do sensor 1, instalado no conjunto de placas com a do sensor 2, instalado junto à tubulação de sucção da motobomba.

Sempre que encontrar uma diferença significativa entre as duas temperaturas, o CDT acionará a mini motobomba, levando a água já aquecida de dentro das placas até o armazenador.

Solicite o atendimento do revendedor solar TUMA mais próximo.

Sistemas de aquecimento solar de alta pressão

Existem casos de instalação que vão exigir um armazenador térmico de alta pressão. Este tipo de instalação é normalmente indicado quando há um desnível muito grande entre a altura da caixa de água e o reservatório térmico (Diferença de altura entre até o limite de 40 metros) ou ainda em sistemas de aquecimento solar que necessitem de pressurizadores na entrada de água do reservatório.

Os armazenadores para aquecimento SOLAREM são oferecidos em diferentes modelos, volumes e resistência à pressão. Os boilers solares da linha AP (Alta Pressão) resistem até no máximo 40 m.c.a. ou 4,0 kgf/cm². Conheça os principais modelos de boilers solares fabricados pela TUMA Industrial.

Instalação de Aquecedor Solar – Reservatório de Alta Pressão

Acompanhe ao lado as orientações para a correta interligação das tubulações em uma instalação com reservatório de alta pressão.

O conjunto de válvulas que aparece na figura pode ser adquirido diretamente com um revendedor TUMA. Este kit é indispensável para garantir o perfeito funcionamento do equipamento.

Solicite o atendimento do revendedor solar TUMA mais próximo.